ON Business Office – Escritórios Virtuais em Brasília DF

Blog

Aumentando a produtividade nos negócios

produtividade-no-trabalho

Ao se iniciar uma empresa, um dos maiores vilões é a perda de tempo. Distrações e atrasos na produtividade afetam diretamente o bolso do empresário.

Confira algumas dicas de como lidar com essa questão tão delicada, e ser mais produtivo.

 

As redes sociais são uns dos maiores ladrões de tempo da vida moderna, e facilmente perdemos horas por alí, seja com a desculpa de procurar algo relacionado à área de atuação ou atualizando as redes da empresa. Deve-se ficar sempre atento ao tempo gasto nelas.

As tarefas administrativas e os pequenos afazeres são outros itens que devemos estar sempre atentos.

Por nem todo mundo se identificar com a parte administrativa, acaba deixando para depois, e depois, e depois… Assim como responder um e-mail ou tarefas simples, que podem (e devem!) ser feitas na hora. Seja por você ou algum funcionário contratado para essas funções.

Ficar contornando pequenos contratempos durante todo o dia também consome muito tempo, que poderia estar sendo usado para pensar em novas estratégias para o negócio.

Procure sempre se atentar a esses e outros detalhes, e faça o tempo trabalhar a seu favor!

 

 

 

 

 

3 dicas para não ser medíocre no atendimento ao cliente

atendimento-cliente

Sócios, executivos ou até funcionários de empresas pequenas têm um hábito equivocado que os levam a problemas com frequência: acreditar que são pequenas demais para certas iniciativas ou investimentos. Quando fazem isto, esquecem que o seu tamanho é uma variável irrelevante se considerarem que precisam superar os competidores para terem sucesso.

A má notícia é que, para competir, as pequenas empresas precisam dispor dos mesmos instrumentos e recursos dos concorrentes maiores.Mais do que isto, devem estar dispostas a atuar de forma precisa e melhor em determinadas frentes do que seus concorrentes. Isto requer trabalho e investimento, sem dúvida.

Contudo, existem notícias boas. Os avanços da tecnologia têm trazido ferramentas que, com investimentos razoáveis, permitem aos pequenos empresários e empreendedores recursos que há alguns anos só eram possíveis para as grandes empresas. Com isto, os menores adquirem competitividade.

1 – Não subestime o seu tamanho 

O atendimento ao cliente vem sofrendo do mal da mediocridade faz tempo. É nivelado por baixo nas grandes e pequenas empresas. O primeiro grande erro que pequenas empresas cometem é achar que não têm tamanho para se preocupar ou investir na melhoria do atendimento. A excelência no atendimento é um diferencial importante. Uma pequena empresa, pela simplicidade de sua estrutura, tem condições de explorar este diferencial de uma forma extraordinária contra seus concorrentes.

2 – Não ignore o potencial da tecnologia

A preocupação com os custos do atendimento, e não com a qualidade, levam às empresas maiores a investirem em tecnologias prioritariamente para minimizar seus custos. Já pequenas empresas nem olham para soluções de tecnologia, pois as acham caras demais e acabam ignorando aquelas que poderiam melhorar a qualidade do atendimento, sem impactos significativos em seus custos.

Este é o segundo erro. A tecnologia é decisiva para melhorar a qualidade do seu atendimento a custos acessíveis. Com o acesso na nuvem (cloud computing), estas tecnologias ficam cada vez mais perto das empresas com menor capacidade de investimento. Ignorar o potencial da tecnologia pode ser um erro grave que vai colocá-lo atrás de seus competidores.

3 – Não confunda simpatia com bom atendimento

O terceiro grande erro é confundir simpatia e educação com qualidade do atendimento. É claro que estes fatores são fundamentais, porém, não suficientes. É preciso treinar seus funcionários para que entendam que resolver as questões do cliente é o fator mais importante. E elas não são resolvidas somente com sorrisos. É preciso ter processos eficazes, voltados para a solução dos problemas e demandas dos clientes.

Ainda neste mesmo tema, saiba que o cliente não tem sempre razão. Neste caso, é importante esclarecer o problema, sem ironia, e tratá-lo com educação e respeito, compreendendo que uma demanda, mesmo indevida, pode acontecer por simples desconhecimento de suas regras.

Desqualificar o cliente por uma demanda indevida é um erro muito comum e não por isso menos grave. É necessário educar o cliente nos seus procedimentos e nas suas regras. Por vezes, é necessário ser rigoroso neste processo. Mas em nenhuma hipótese o humilhe. Isto o faz perder o controle e isto é péssimo para os dois lados.

Como em tantas outras áreas, para a excelência no atendimento é importante considerar as pessoas, os processos e as tecnologias envolvidas. Ainda que considere isto muito sofisticado para o seu tamanho. Não é. Pelo contrário, pode se transformar no seu diferencial.

 

Fonte: Revista Exame

Seu melhor investimento: A carreira

Mais-da-metade-das-empresas-querem-investir-em-treinamento

O progresso depende de preparo, conhecimento e foco. Quando falamos de investimento profissional, o que vem à mente são os cursos preparatórios, teóricos e técnicos, porém o sucesso pode ser construído também pelas ações mais simples.

Demonstrar interesse nos processos, promover ações positivas e valorizar as pessoas ao seu redor são atitudes individuais simples e que impulsionam a carreira de todo profissional. Quanto mais preparo você tiver mais à frente dos concorrentes você vai estar. Então, encare cursos como uma de suas prioridades e mantenha o foco no objetivo final.

Seu propósito é o que dá valor ao conhecimento! Ir álem do seu núcleo de trabalho, gastar algumas horas a mais na organização para conhecê-la e entender como a empresa funciona também é um investimento pessoal e profissional. É importante para que você entenda que seu trabalho é parte da máquina que movimenta a empresa.

Isso aumenta sua autoestima, motivação e satisfação em trabalhar e reflete diretamente em seu humor e seu comportamento com as pessoas em qualquer ambiente. Além disso, conhecer o funcionamento da empresa é desenvolver confiança dos empregadores e uma visão geral do negócio, aumentando suas chances de promoção, desenvolvendo o know-how que lhe será muito útil em experiências profissionais futuras.

Pense grande, pense no futuro, visualize e entenda que as pequenas ações – como demonstrar interesse pela companhia – podem fazer a diferença em sua carreira. Não importa em que área nós queremos atingir o sucesso, ele só vem quando investimos nosso tempo e determinação para que isso aconteça. Investir em cursos, livros e seminários é muito importante, mas mais importante que isso é a nossa atitude, ela define como investimento realmente valerá a pena.

 

Fonte: Terra

8 hábitos que você precisa praticar para ser bem sucedido

sucesso-success

Muito provavelmente você conhece alguém bem sucedido naquilo que faz, não é mesmo?

Você já parou para reparar como essas pessoas têm hábitos e práticas diferentes da grande maioria e, também tem crenças específicas?

Fique por dentro de 8 hábitos das pessoas bem sucedidas:

#1. Esqueça os planos de fuga

Planos de apoio, ou planos de fuga, podem ajudar a você dormir melhor à noite, ou até mesmo garantir uma saída fácil quando tudo fica difícil.

Mas, quando você não tem outra escolha, você vai trabalhar muito mais quando o seu plano original não tem saída. O compromisso total – sem uma rede de segurança – vai fazer com que você trabalhe como jamais imaginou ser possível.

Se o pior acontecer, tenha confiança de que você vai encontrar uma maneira de se recuperar. Enquanto você estiver trabalhando duro e aprendendo com os seus erros, você sempre irá crescer.

#2. Arregace as mangas

Você pode ser um bom empreendedor com um pouco de esforço; e você pode ser muito bom com um pouco mais de esforço.

Mas você nunca será grande se não tiver uma incrível quantidade de esforço concentrado.

Se você olhar para qualquer pessoa habilidosa, verá que ela dedicou milhares de horas de esforço para que essas habilidades fossem desenvolvidas. Não há atalhos.

Não existe sucesso da noite pro dia. Se você já ouviu falar do princípio das 10.000 mil horas e não o segue, nunca será bem sucedido. As pessoas bem sucedidas sempre seguem a risca este princípio.

Então, comece a fazer o trabalho agora. O tempo está passando.

#3. Trabalhe muito mais

Esqueça as histórias de empreendedores de sucesso que saem todos os dias às 17:30h do escritório. Isso até pode ser aplicar a alguns empreendedores bem sucedidos. Mas eles não são você.

A grande parte dos empreendedores extremamente bem sucedidos trabalha muito mais horas do que a media das pessoas comuns. Eles têm uma longa lista de tarefas que precisam ser realizadas e, por isso, eles precisam trabalhar mais tempo.

Se você não abraçar uma carga de trabalho que outras pessoas consideram loucura, então o seu objetivo não significa muito para você – ou o objetivo não é tão difícil de ser alcançado. De qualquer forma, você não terá um grande sucesso.

#4. Evite as multidões

A sabedoria convencional, produz resultados convencionais. Juntando-se à multidão – não importa o quão moderno essas pessoas sejam, ou o quanto a oportunidade seja quente – você está a menos de um passo da mediocridade.

Pessoas extraordinariamente bem sucedidas habitualmente fazem o que as outras pessoas não fazem. Eles estão aonde os outros não estão porque é justamente lá que existe uma chance muito maior de sucesso.

#5. Comece pelo final

O sucesso, muitas vezes é baseado na definição de objetivos comuns. Decida o que você quer: ser o melhor, o mais rápido, o mais barato, o maior, o que quiser. Aponte para o final. Decida aonde você quer terminar. Esse será o seu objetivo.

Depois, estabeleça cada pequeno passo necessário para que você chegue ao fim. Determine o ponto final. E depois, trabalhe no caminho até ele.

Nunca comece pequeno. Você sempre vai tomar as melhores decisões – e achar que é mais fácil se sacrificar – quando o seu objetivo for o sucesso final.

#6. Não pare

Alcançar um objetivo – não importa o quanto ele seja grande – não é a linha de chegada para as pessoas de sucesso. Alcançar um objetivo enorme só cria o desafio de um novo objetivo enorme.

O processo de tornar-se notavelmente bem sucedido vai lhe dar as habilidades e o networking para ser bem sucedido em outros campos.

Notavelmente as pessoas bem sucedidas não tentam vencer apenas uma corrida. Eles esperam e planejam vencer uma série de corridas.

#7. Venda

Todos os empreendedores de sucesso colocam a capacidade de vender como fator crucial para o negócio dar certo.

Tenha em mente que vender não é pressionar, bajular ou manipular as pessoas. Vender é explicar a lógica e os benefícios de uma decisão ou posição. Vender é convencer as pessoas a trabalharem com você.

Vender é superar objeções e bloqueios na estrada.

Vender é a base do sucesso pessoal e profissional: saber negociar e lidar com o não para manter a confiança e a auto-estima em face da rejeição; saber se comunicar efetivamente com uma vasta gama de pessoas, para construir relacionamentos de longo prazo.

Quando você acredita em sua ideia, em sua empresa e em você mesmo, você não precisa ter um ego enorme ou uma grande personalidade. Você não precisa de vender. Você só precisa se comunicar.

#8. Nunca seja orgulhoso

Nunca seja orgulhoso demais para admitir um erro, para dizer que está arrependido, para ter grandes sonhos, para admitir que deve o sucesso a outras pessoas, para rir de si mesmo; ou para pedir ajuda.

Nunca seja orgulhoso demais para falhar. Muito menos para tentar novamente.

Esteja preparado para o desafio!

___

Este artigo foi adaptado do original, “8 Things Remarkably Successfull People Do“, da revista Inc.

Problemas para conciliar o seu sono com sua rotina? Confira algumas dicas que podem ajudar!

 

57599_subitem_full

Como muitos empreendedores você deve trabalhar muito se quiser fazer o seu negócio crescer. Muitos empreendedores trabalham 12 horas ou mais todos os dias durante a semana.

Se tirarmos mais 2 ou 3 horas para passar com a família, sobra muito pouco para se dormir.

Se você não está conseguindo descansar o quanto acredita que deveria, o seu trabalho acaba sendo prejudicado, a sua saúde é prejudicada, seus funcionários sofrem e, e última instância seus clientes também.

Ninguém merece isso, menos de todos os seus clientes. Muitos empreendedores acabam sofrendo quando dormem consistentemente menos de 6 horas por noite.

A National Sleep Foundation, juntamente com outros especialistas no assunto tem alguns truques na manga para ajudar você a ter uma melhor qualidade no sono.

Infelizmente, nem todos esses truques são adequados para o estilo de vida empresarial.

Por exemplo, é impossível para algumas pessoas manterem o mesmo horário de dormir todas as noites, especialmente quando se trabalha 20 horas, ou acaba viajando muito para conseguir parcerias e investidores.

No entanto, você pode ter o sono que você precisa, mesmo com uma agenda tão agitada.

Aqui estão alguns hábitos de sono que podem ajudar você a ter um sono melhor, e de acordo com o seu estilo de vida agitado.

#1. Deixe o seu quarto o mais escuro possível

Algumas coisas estão dentro de seu controle, como a instalação de blackouts ou cortinas que evita a passagem da luz.

Se ainda assim sobrar alguma fresta, bloqueie as luzes com uma toalha na frente da porta, e opte por quartos de hotel com cortinas blackout, quando possível.

Não importa o quanto você acha que é bom dormir no meio da luz. Seu ciclo circadiano discorda.

#2. Remova todos os aparelhos eletrônicos

Algumas pessoas têm uma regra estrita: sem telefones celulares nos quartos. Isso ajuda a se manter longe da iluminação artificial, e longe de distrações.

Até o menor feixe de luz pode ser perturbador, e alguns estudos mostram que a frequência dos aparelhos eletrônicos pode perturbar o sono.

Talvez seja a hora de comprar um despertador antigo para te acordar.

#3. Pare de olhar para telas 2 horas antes de dormir

Está é uma tarefa difícil para alguns empreendedores. Geralmente nós estamos sempre olhando para alguma coisa: tela de computador, televisão, telefones, tablets.

Seu corpo precisa de algum tempo para descobrir que está na hora de dormir. Olhar para uma tela vai deixar você mais acordado, e torna mais difícil a tarefa de adormecer.

#4. Tenha uma rotina de sono

Além de dispensar os aparelhos eletrônicos, com no mínimo 2 horas de antecedência, crie um hábito de sono. Talvez seja hora de você tomar um chá, um banho quente, ou ler um livro por 30 minutos.

Você pode, por exemplo, escovar os dentes, tomar um banho e ir direto pra cama. Dessa maneira, o seu corpo sabe que o seu dia está sendo encerrado.

Mesmo a maioria a maioria dos líderes da Forbes 500 têm hábitos parecidos como esse.

#5. Descubra a quantidade de sono necessária para você

Idealmente, você deve acordar sem despertador. Você precisa dormir e descobrir quantas horas você precisa para ficar descansado.

A média é de 8 horas, mas você pode precisar de 6 a 12 horas para se sentir descansado. As pessoas são diferentes.

 

Fonte: Jornal do Empreendedor